Another Europe is possible

Pelo respeito da soberania do povo venezuelano – fim à ingerência!

08/02/2018

Tendo sido anunciada a realização de eleições presidenciais na República Bolivariana da Venezuela no próximo dia 22 de Abril, a maioria do Parlamento Europeu (PE) intensifica as manobras de ingerência contra a Venezuela, contra a soberania e direitos do povo venezuelano.

A resolução hoje aprovada, na linha das anteriores, enquadra-se na política de activa tentativa de desestabilização, bloqueio económico e isolamento político da Venezuela, que tem vindo a ser promovida pelos EUA e acompanhada pela União Europeia (UE).

Deste modo, e entre outros inaceitáveis aspectos, a resolução procura questionar a legitimidade da Assembleia Nacional Constituinte e das decisões do Conselho Nacional Eleitoral da Venezuela e apoia as sanções aplicadas pela UE, apelando a novas medidas diplomáticas e económicas contra a Venezuela, incluindo contra a empresa petrolífera estatal «Petróleos de Venezuela S.A» (PDVSA).

Os intentos da resolução não poderiam ser mais claros. Num momento em que na República Dominicana tem decorrido um processo de diálogo entre o Governo Venezuelano e a oposição tendo em vista o encontrar de uma solução política que, entre outros importantes aspectos, enquadre a realização das próximas eleições presidenciais, determinadas forças políticas no Parlamento Europeu – seguindo a escalada de hostilização actualmente levada a cabo pelos EUA, cujo Secretário de Estado apelou recentemente a um golpe militar na Venezuela – tentam minar um acordo entre as partes, procurando assim continuar a operação externa de desestabilização política, económica e social, que tão prejudiciais consequências tem tido para o povo venezuelano e para a comunidade portuguesa que reside neste país.

Os deputados do PCP no PE expressam a sua solidariedade com a República Bolivariana da Venezuela e o povo venezuelano, assim como o seu profundo desejo de que as dificuldades provocadas pelo bloqueio económico e financeiro promovidos pelos EUA e a sua tentativa de isolamento da Venezuela e do seu povo sejam superadas, e que o povo venezuelano possa continuar a decidir soberanamente o seu futuro, livre de quaisquer ingerências, e a prosseguir o caminho de desenvolvimento económico e social da Venezuela e da melhoria das suas condições de vida.

Os deputados do PCP no PE reafirmam que só uma atitude de respeito pela soberania da República Bolivariana da Venezuela e da sua ordem constitucional contribuirá para assegurar a normalização da situação e a salvaguarda dos interesses da comunidade portuguesa naquele País.

 

Estrasburgo, 8/02/2018

 

Maria Rita Magalhães

Gabinete de Imprensa dos deputados do PCP no PE

Contacto: (00 32) 04 75 980 226

Contact Form

×